Musicalidade, unção, talento e solidariedade marcam a vida de Camila Campos desde muito cedo. O gosto pela música faz parte do seu DNA. Natural de Belo Horizonte, Minas Gerais, Camila nasceu no dia 15 de janeiro de 1989. Filha do pastor Divino Pereira e Gessilda Pereira, foi criada frequentando a Comunidade Evangélica Nova Vida. Aos nove anos, apresentou-se em sua igreja cantando “Lírio dos Vales”, da cantora Aline Barros.

Já participando do ministério de louvor da sua igreja, começou a estudar música e, aos 15 anos, decidiu-se completamente pelo ministério de louvor e adoração. Embora muito jovem, Camila tinha certeza do seu chamado: adorar e louvar a Deus com músicas que levassem outros à adoração e à entrega total a Jesus.

Aos 18 anos, cursando a faculdade de psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC–Minas), participou de pesquisa realizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG). Esse trabalho abordou as medidas protetivas do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e crianças e adolescentes em vulnerabilidade social. Essa pesquisa foi realizada pela doutora Maria Ignes Costa Moreira, com quem Camila estagiou por dois anos, resultando no livro “Famílias em Vulnerabilidade Social: é Possível Auxiliar Sem Invadir?”, com a participação de Camila Campos no segundo capítulo.

Sempre ativa, Camila atuou em abrigos e orfanatos, realizando campanhas que reuniam igreja, música e psicologia. Ela agia na certeza de que associando essas áreas a obras sociais, ela poderia, efetivamente, transformar situações negativas em positivas com trabalho e muita fé em Deus.

Em 2008, compôs “Profetiza”, sua primeira canção, com a qual participou do Festsêmani – festival de música evangélica realizado há mais de 30 anos pela Igreja Batista Getsêmani, em Belo Horizonte. No mesmo ano, compôs outras canções e gravou seu primeiro disco, realizando um grande sonho. Ainda nessa época, gravou os backings vocals dos CDs “Na Sala do Pai”, de Thales Roberto, “Simplesmente”, da cantora Jaqueline Dias e “Promessa”, de Igor Alves. Posteriormente, gravou para Lays Lelis, Wesley Assis e outras bandas.

Já em 2009, gravou o EP “Profetiza”, com cinco faixas, sendo duas músicas autorais e três composições de amigos. A produção musical foi de Renato Laranjo, guitarrista do cantor André Valadão. O EP, que saiu independente (sem gravadora), vendeu mais de 5 mil cópias.

Em 2011, aos 22 anos, cantou em Macau, China, em um evento realizado pela International Christian Assembly Church MacauICA-MACAU, com o objetivo de usar a música para combater as drogas. O evento se chamava “Revolution” e alcançou um público de aproximadamente cinco mil pessoas. No mesmo ano, retornou ao Brasil e concluiu a graduação em psicologia.

Convidada pela produção do programa Raul Gil, em 2012, participou do concurso musical “Mulheres que Brilham”, uma das maiores audiências da TV brasileira, exibida pela emissora SBT. Camila realizou cinco apresentações e ficou entre as 10 finalistas. Uma das canções apresentadas foi “Lembranças”, que compõe o seu novo disco (2015). Esse evento lhe abriu muitas oportunidades para prosseguir com o seu ministério musical.

No ano seguinte, entrou para o Instituto Mineiro de Psicodrama (IMPSI) onde concluiu o curso. Nesse período, realizou uma pesquisa sobre música e psicologia, tendo a alegria de apresentá-la e compartilhar suas conclusões no Congresso Brasileiro de Voz Rock, no conservatório Souza Lima em São Paulo.

O novo CD de Camila Campos – “Deus está Vivo” – teve a participação do Pregador Luo e é composto por 12 faixas em estilo pop rock, sendo nove de sua autoria, uma de Eli Soares, uma de Paulo Cesar Baruk e uma versão internacional de Kari Jobe. Com a produção musical de Fernando Prado, o CD “Deus está Vivo” foi gravado, mixado e masterizado no Midas Estúdios, em São Paulo, do renomado produtor Rick Bonadio.

As canções do CD, que em breve estará disponível nas lojas afins, são fundamentadas na Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, regra de fé e conduta da cantora: “A Bíblia norteia a minha vida e é fundamental para uma conexão entre as pessoas e Deus. O poder não está em nós, mas no nome de Jesus. É o Senhor quem nos capacita, por isso, busco inspiração na fonte, Deus, para que letras e melodias sejam canais de Salvação e cura”, explica Camila.

Esse é mais um trabalho para o qual Camila Campos se dedicou investindo seu talento, sua fé e suas orações. Como tudo o que ela se propõe a fazer, “Deus está Vivo” tem a excelência de quem ama o Senhor e faz da própria vida um tributo a Deus: “Sei que meu talento vem de Deus. Reconheço-o em todos os meus passos, em tudo que realizo. Se faço algo bom, é porque Jesus habita em mim. O meu melhor é o mínimo que posso oferecer a Ele. Saber que o Senhor me confiou um dom é um privilégio, mas implica enorme responsabilidade. Amo Jesus e o meu desejo é que todas as canções dos meus trabalhos redundem em honra e glória ao nome Dele”, comenta Camila.

No momento, Camila está empenhada no lançamento de álbum “Deus está Vivo”, ministrando em diversas igrejas com suas canções e a pregação do Evangelho de Jesus Cristo.

Conheça mais sobre a cantora acessando o site: www.camilacampos.com.

Por Ana Paula Costa
Jornalista e Assessora de Imprensa Camila Campos
anacostacomunicacao@gmail.com

 

News

Vídeos

Agenda

Nenhum evento marcado no momento

Contato

Contatos gerais

contato@camilacampos.com
Ligar: (62) 9.9632-2032 – Raphael Cussi

Contato imprensa

anacostacomunicacao@gmail.com
Ana Paula Costa

Clique aqui para enviar um email